Portal Sistema Firjan
menu

O Sistema FIRJAN

Gr_fica-500x400.jpg

Papel, gráfica e editorial

O setor de papel, gráfica e
editorial e o Sistema FIRJAN

As atividades de comunicação impressa ou digital são desenvolvidas mediante a criação intelectual e, em geral, estão protegidas por direitos autorais. Elas podem estar associadas a dois tipos de indústria, a da Comunicação e a da Transformação, mas inserem-se em diversos segmentos: edição de livros, jornais, revistas, periódicos e impressos diversos, além de embalagens de papel. De uma forma ou de outra, elas fazem parte dos setores econômicos de Papel e Celulose, e de Edição e Impressão.

A evolução do setor gráfico e editorial vem se caracterizando pela adoção de tecnologias digitais. A utilização de recursos de informática permitiu aos consumidores a adoção de soluções gráficas personalizadas, reduzindo significativamente o mercado para as pequenas empresas que faziam serviços de impressão de cartões de visitas e folhetos, entre outros. Por outro lado, essas tecnologias possibilitaram a algumas empresas a diversificação de seus produtos e serviços, com base na utilização de múltiplas plataformas como forma de assegurar a competitividade nesse mercado.

Uma visão global publicada pela unidade de inteligência da revista "The Economist" (2013) sobre o "mercado mundial de impressão" indica que as linhas de produtos "documentos, livros, jornais e material promocional" estão mais suscetíveis à substituição eletrônica, enquanto as outras linhas de produtos não estão. Outro importante dado revelado é que o Brasil figura como o oitavo maior mercado do mundo em termos de faturamento. Nesse contexto, é de fundamental importância que as empresas do setor se mantenham alinhadas às novas tecnologias de produção, o que demanda profissionais cada vez mais qualificados para atender a esse universo tecnológico.

Ciente desse cenário, o Sistema FIRJAN atua diretamente com os sindicatos patronais e as empresas desses setores buscando contribuir para o aumento da competitividade empresarial por meio de uma série de serviços voltados para a representatividade e a qualificação profissional.

O SENAI oferece ao setor as Unidades Móveis de Gráfica e de Pré-impressão. 
 

O setor de Papel, gráfica e editorial está estreitamente relacionado com o(s) setor(es):

TICAudiovisual

Destaques e ações para o setor

Serviços para o setor

Acesso a mercados

O Sistema FIRJAN apoia as empresas do setor no sentido de capacitá-las para acessar mercados, construindo conexões e relacionamentos. Para isso, recorre a missões empresariais como a Drupa e a Expoprint. A Drupa é a maior feira gráfica mundial. Ocorre a cada quatro anos na Alemanha, berço da indústria gráfica. Lá estão reunidas as principais referências de empresas e instituições de fomento de todo o setor. A cada edição são organizadas missões empresariais à Drupa, ocasião em que os empresários, além de visitarem a feira, participam de diversas palestras e visitas técnicas a indústrias gráficas alemãs. Na Expoprint, outro importante evento do setor, o Sistema FIRJAN organiza a participação de caravanas à feira, realizada em São Paulo. A Expoprint se consagrou como o principal evento da indústria gráfica na América Latina e apresenta, a cada edição, o que há de mais moderno na tecnologia gráfica.

Ambiente de negócios

O Sistema FIRJAN atua na melhoria das condições do ambiente de negócios em prol da competitividade empresarial dos setores de Papel, Gráfica e Editorial. Ele desenvolve ações de representatividade empresarial, influenciando políticas públicas nos níveis municipal, estadual e federal, em sintonia com as tendências da economia do futuro. Exemplo disso foi a medida ajuizada para minimizar os impactos negativos do texto da Norma Regulamentadora 12 (NR 12), que trata da segurança em máquinas e equipamentos. Essa ação foi realizada pela equipe da FIRJAN em conjunto com outras federações, visando suspender ações fiscalizatórias e afastar a retroatividade da aplicação da norma, que causaria um forte impacto nas empresas desses setores. Outro aspecto que o Sistema FIRJAN vem acompanhando com os sindicatos e as empresas do setor é a importação de livros didáticos. Apesar da competência técnica e tecnológica das empresas nacionais, existe uma concorrência desigual em relação aos livros importados. O produto importado entra no país isento de PIS-Cofins, por exemplo. No caso específico do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), o governo responde por cerca de 25% das compras de livros no país. Além disso, dados da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) indicam um crescimento das encomendas de impressão de livros didáticos no exterior (China, Índia, Chile, Colômbia e Equador) por parte das editoras, em razão da taxa câmbio e do custo Brasil.

Educação

É de fundamental importância para as empresas desses setores o desenvolvimento de profissionais cada vez mais qualificados para atender a esse universo tecnológico. Os profissionais devem estar preparados para utilizar os diversos recursos de informática, aplicados em maior ou menor intensidade nas etapas do processo gráfico, além de ter capacidade para transitar por diversos tipos de mídias. Por isso, os cursos do SENAI para esses setores estão relacionados às áreas de Pré-impressão, Impressão Offset, Acabamento gráfico, Comunicação visual, Tecnologia da informação (TI), Audiovisual e Multimídia. O portfólio de cursos do SENAI estimula a produção de conteúdos para as diferentes mídias, como livros, jornais, revistas e impressos em geral que, por sua vez, podem se desdobrar em games, filmes e e-Books. Para os empresários, o IEL promove capacitação empresarial nas áreas de gestão e inovação, soluções customizadas para atender às necessidades de capacitação dos executivos, bem como ações de empreendedorismo e de promoção do estágio na indústria fluminense.

EDUCAÇÃO


Foco de atuação

O Sistema FIRJAN promove ações para estimular o encontro das lideranças empresariais dos setores de papel, gráfica e editorial com o objetivo de mapear focos de atuação, desafios e oportunidades e definir estratégias para o desenvolvimento setorial. Frequentemente são realizados encontros de articulação com os Sindicatos Patronais e as empresas dos setores para identificar os principais desafios e as oportunidades de atuação que atendam às necessidades do mercado. Nesses encontros são planejados a promoção/realização de eventos específicos do setor, os programas de qualificação setorial e a revisão de portfólio. O princípio básico que norteia as ações do Sistema FIRJAN e dos Sindicatos é o fato de a comunicação impressa ser o meio de comunicação preferido da humanidade há mais de dois mil anos. Ela continua sendo eficaz e atrativa, se usada de forma responsável. Os setores de Papel, Gráfica e Editorial são diretamente impactados por questões relacionadas às pressões para a redução do uso do papel, visto como o vilão da sustentabilidade. Entretanto, cabe esclarecer que no Brasil as empresas desses setores obtêm 100% da celulose e do papel a partir de florestas plantadas, operando prioritariamente em áreas previamente degradadas, recuperando a mata nativa em sistemas de mosaicos intercalados e evitando o desmatamento

Tecnologia e inovação

As transformações tecnológicas desses setores estão relacionadas ao uso de Computer-To-Plate (CTP) e do Plotter nos processos de pré-impressão, à integração offset/digital nos processos de impressão e à oferta de produtos diferenciados nos processos de acabamento resultantes da integração de dobradeiras, alceadeiras e coladeiras. Além disso, também tem grande importância o uso da certificação internacional (como a FSC) e de matérias primas de menor impacto ambiental (como tintas e sistemas de cura Led UV), em atendimento às exigências ambientais legais e de mercado. As principais tendências tecnológicas do setor industrial gráfico têm sido monitoradas pelo Sistema FIRJAN e encontram-se expressas no documento "Panorama Tecnológico da Indústria Gráfica dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo", que orienta o empresário com relação a essas tendências e à evolução do mercado. Há duas edições que podem ser baixadas:

PUBLICAÇÕES

Produtividade e qualidade

O aumento do consumo de livros e jornais nos últimos anos tem sido reflexo do aumento do poder aquisitivo, uma melhor distribuição de renda e novos consumidores surgindo em razão da redução do analfabetismo. Essa foi a constatação da GfK, conceituada empresa de pesquisa de mercado. Enquanto nos USA e na Europa esses números vêm sendo reduzidos, em países como Brasil, Rússia, China e Índia tem sido percebido o aumento do consumo desses itens. Além disso, o acesso a informações e dados e a conectividade das mídias digitais assumiram uma importante dimensão como produtos substitutos à comunicação impressa. Todavia, o livro digital no Brasil ainda representa menos de 1% no faturamento das editoras. Por outro lado, a venda de livros na Bienal de 2013 saltou de 5,5 para 6,4 livros por comprador, o que reforça a preferência ao brasileiro pela comunicação impressa. Investir na qualidade da produção e no aumento da produtividade das empresas permite a redução de custos em longo prazo e aumenta a competitividade. É nesse sentido que o Sistema FIRJAN dissemina conhecimento e promove o uso de metodologias e ferramentas

Fale com a equipe do setor de papel, gráfica e editorial

Entre em contato pelo e-mail: artesgraficas@firjan.com.br

 

Acompanhe as ações do(s) sindicato(s) do setor papel, gráfica e editorial filiado(s) à FIRJAN

A representatividade de setores da indústria fluminense se dá por meio da participação ativa dos sindicatos que compõem o Sistema FIRJAN. Para o setor de papel, gráfica e editorial, os sindicatos associados ao Sistema FIRJAN são:

Sindicato da Indústria de Artefatos de Papel, Papelão e Cortiça do Estado do Rio de Janeiro - SINPAPEL
Rua Santa Luzia, 685 - 8º Andar - Salas 806 e 808 Centro, 330455 - RJ CEP: 20030-041
Telefone: (21) 2240-1063 | Fax: (21) 2240-1063
Sindicato da Indústria do Papel, Celulose e Pasta de Madeira para o Papel no Estado do Rio de Janeiro - SINDICAPEL
Rua da Alfândega, 108 - 9º Andar Centro, 330455 - RJ CEP: 20070-001
Telefone: (21) 2560-8197 | Fax: (21) 2560-8197
Sindicato das Indústrias Gráficas de Campos
Rua Bruno de Azevedo, 37 Jardim Maria Queiroz, 330100 - RJ CEP: 28035-045
Telefone: (22) 2733-2230 / (22) 2733-4142 | Fax: (22) 2733-2473
Sindicato das Indústrias Gráficas de Nova Friburgo - SINDGRAF
Av. Alberto Braune, 12 - 1º e 7º Andares Centro, 330340 - RJ CEP: 28613-001
Telefone: (22) 2523-6350 | Fax: (22) 2523-6350
Sindicato das Indústrias Gráficas de Petrópolis - SIGRAP
Av. dom Pedro I, 579 Centro, 330390 - RJ CEP: 25610-020
Telefone: (24) 2237-3136 | Fax: (24) 2237-8635
Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Rio de Janeiro - SIGRARJ
Rua Visconde de Uruguai, 535 - 6º Andar Centro, 330330 - RJ CEP: 24030-077
Telefone: (21) 2717-1459 | Fax: (21) 2717-1459
Sindicato das Indústrias Gráficas do Município do Rio de Janeiro - SIGRAF
Rua Sá Freire, 33 São Cristóvão, 330455 - RJ CEP: 20930-430
Telefone: (21) 2580-1929 | Fax: (21) 2580-8045
Sindicato das Indústrias Gráficas do Sul Fluminense - SINGRASUL
Rua Profº José Antônio Maia Vinagre, 5 Matadouro, 330030 - RJ CEP: 27115-090
Telefone: (24) 2443-2655 | Fax: (24) 2443-2655
Sindicato das Indústrias Gráficas no Noroeste do Estado do Rio de Janeiro
Rua Apolinário Cunha, 51 Gov Roberto Silveira, 330220 - RJ CEP: 28300-000
Telefone: (22) 3824-6500 | Fax: (22) 3824-6500

Associe sua empresa ao Sistema FIRJAN

Além da força da representatividade do Sistema FIRJAN, os associados têm acesso especial aos serviços do SESI, SENAI e IEL.

Associe-se
 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida