Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Cultura

Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal

Yamandú Costa e Ricardo Herz são umas das atrações do Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal e se apresentam no palco principal do evento

Yamandú Costa e Ricardo Herz são umas das atrações do Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal e se apresentam no palco principal do evento

04/09/18 16:00  -  Atualizado em  06/09/19 12:46

O Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal chega a sua nona edição e terá apresentações simultâneas no palco principal, no coreto e nas ruas do distrito de Rosal. O evento promovido pela Firjan SESI acontece de 6 a 8 de setembro, e contará com grandes atrações como Duo Dalia, Silvério Pontes e Antonio Guerra, Tiago Rossato Quarteto, o Chorinho do Armandinho e Carlos Malta 4teto.

Além de dar oportunidade de negócio para os moradores da região, o festival tem o objetivo de resgatar, preservar e difundir as raízes musicais do choro e da sanfona para as novas gerações, incentivando a cultura no noroeste fluminense.

Serão três dias com muita música, venda de artesanatos e comidas típicas. Tudo isso em meio à arquitetura histórica, às belas paisagens e ao clima agradável que só um lugar com vocação para a arte pode oferecer

A programação está repleta de grandes nomes da música, confira:

06/09 - Sexta-feira

PRAÇA E RUAS
19h – Abertura com a Fanfarra Rogério Figueiredo

PALCO PRINCIPAL
20h30 – Duo Dalia

CORETO
21h30 - Lira 14 de julho

PALCO PRINCIPAL
22h30 – Silvério Pontes e Antonio Guerra

07/09 - Sábado

PRAÇA E RUAS
14h – Sanfonada 

CORETO
15h30 – Academia do Choro

PALCO PRINCIPAL
16h30 – Os Novos Batutas
20h30 – Tiago Rossato Quarteto

CORETO
21h30 -  Sexteto Sucupira

PALCO PRINCIPAL
22h30 -  O Chorinho do Armandinho

08/09 - Domingo

PALCO PRINCIPAL
15h – Orquestra Retocando
16h – Gafieira Sanfonada 

CORETO
17h – Pé de Pitanga

PALCO PRINCIPAL
18h – Carlos Malta 4teto

______

O Projeto

O Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal nasceu em 2011 com o objetivo de atender a um desejo da comunidade, que pedia por um evento que resgatasse as tradições musicais da região. Até 2013, o projeto foi realizado com recursos da Prefeitura de Bom Jesus do Itabapoana e o apoio de empresas locais. Percebendo a força do festival e a necessidade de sua ampliação, a Firjan SESI assumiu em 2014 a realização do evento, tendo como parceiro o município.
Com uma programação de qualidade, o festival cresceu e mostrou seu potencial de criatividade e transformação, disseminando o conceito de Economia da Cultura na região. Hoje, os empreendedores locais promovem pequenos eventos culturais ao longo do ano, gerando oportunidades de novos negócios e transformando dificuldades em oportunidades.

Para a Firjan SESI, ser o realizador do festival é uma forma de ampliar suas ações no Noroeste Fluminense de forma efetiva e com resultados muito além do entretenimento em uma região que tem sede de cultura. Projetos como o Festival de Chorinho e Sanfona de Rosal, que preservam o patrimônio imaterial, são fundamentais para o desenvolvimento de lugares singulares como Rosal.

Para a realização do festival, a Firjan SESI conta com apoio da Prefeitura, Secretaria de Comércio, Indústria e Cultura de Bom Jesus do Itabapoana.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida