<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://px.ads.linkedin.com/collect/?pid=4124220&amp;fmt=gif">
Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Qualidade de Vida

Firjan SESI informa sobre canais on-line e gratuitos para campanha de combate à dengue

O Brasil registrou 218 mil casos nas primeiras semanas do ano.

O Brasil registrou 218 mil casos nas primeiras semanas do ano.Foto: Free Pik

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 22/03/2024 14:45  -  Atualizado em  22/03/2024 16:09

Diante do aumento dos casos de dengue no estado do Rio de Janeiro, a Firjan ativou suas equipes de Saúde e Segurança do Trabalho para dar suporte aos industriais fluminenses, em relação às melhores condutas para preservar a saúde do trabalhador e garantir a segurança do ambiente laboral. Informes regulares sobre a evolução da epidemia nos municípios e no estado são enviados aos empresários, destacando situações consideradas de atenção nos diagnósticos feitos pelas autoridades de saúde. 

Segundo último informe publicado pela Firjan, com base em dados da Secretaria de Saúde do Governo do Estado do Rio de Janeiro (SES-RJ) das 11 primeiras semanas do ano, foram observados 152.378 casos prováveis, com 4.240 internações e 54 óbitos confirmados. A capital apresenta 74.510 casos da doença, com 5 óbitos e taxa de incidência de 1.178,87 por cada 100 mil habitantes. Já o Brasil registra 2.010.896 casos prováveis, com 682 mortes, com os casos se concentrando principalmente na região sudeste. 

Com o estado de emergência decretado no Rio e diante da perspectiva de crescimento de casos por pelo menos mais quatro semanas, a Firjan está atenta às atualizações das políticas públicas de saúde para combater a dengue, assim como contribuir para difundir informações sobre todas as necessárias medidas de prevenção à doença. Segundo o Observatório Epidemiológico da Cidade do Rio de Janeiro (EpiRio), a cobertura vacinal em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos atingiu 27,1%. 

Acesse a última edição do Informe Dengue publicado pela Firjan SESICurso on-line e gratuito para prevenção e combate ao Aedes Aegypti

No ambiente de trabalho, os desafios são grandes pois a doença, inevitavelmente, afeta a produtividade das empresas, por conta do absenteísmo. O impacto da dengue na economia nacional pode gerar um risco de queda de R$ 7 bilhões do Produto Interno Bruto (PIB). Pensando nisso, a Firjan SESI desenvolveu o curso Boas Práticas de Prevenção e Combate ao Aedes Aegypti, com o objetivo de orientar associados da Firjan e trabalhadores de todo o estado. A capacitação é totalmente on-line, através da plataforma LMS, e gratuita e oferece certificado aos participantes.  

"Neste momento crítico dos casos de dengue em nosso estado, a Firjan SESI tem focado na sensibilização das empresas e dos trabalhadores, promovendo a conscientização sobre medidas preventivas e a importância da colaboração coletiva na luta contra a proliferação do mosquito transmissor. Para isso, além do Informe Dengue, disponibilizamos este curso on-line, voltado para prevenção, transmissão e tratamento da doença, e para a atuação responsável e segura em qualquer ambiente, principalmente no do trabalho", afirma Carlos Magno Lucas do Nascimento, gerente geral de Negócios da Firjan

Faça inscrição para curso on-line e gratuito

SESI lança canal de telemedicina gratuito 

Os esforços pra prevenir a disseminação do Aedes Aegypti também ganharam um novo canal de atendimento. Trata-se do Telemidicina SESI - Campanha Dengue, serviço de teletriagem e teleconsulta médica, que passou a funcionar no dia 20/03. O atendimento é realizado através do Whatssap, pelo número (61) 3317-1414

Faça seu atendimenton on-line e gratuito

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida