Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Qualidade de Vida

Covid-19: Firjan une a indústria e a rede pública de saúde na recuperação de equipamentos hospitalares

Com o apoio da Ternium, ventiladores foram restaurados e já estão funcionando na UTI do Hospital Ronaldo Gazolla

Com o apoio da Ternium, ventiladores foram restaurados e já estão funcionando na UTI do Hospital Ronaldo GazollaFoto: Divulgação

14/05/20 16:45  -  Atualizado em  15/05/20 12:36

A Firjan, por meio do Instituto SENAI de Tecnologia em Automação Industrial, está promovendo articulação entre secretarias de saúde, indústrias, fabricantes de equipamentos hospitalares e empresas certificadas, para restaurar ventiladores pulmonares e monitores no estado do Rio. O objetivo é devolver os equipamentos usados no combate à Covid-19 o mais breve possível aos hospitais, seguindo o fluxo logístico adequado, a manutenção correta e certificada, além dos testes exigidos em norma.

Até o momento foram identificados 435 equipamentos inoperantes em 44 hospitais fluminenses: 304 ventiladores, 127 monitores, 3 aparelhos de sinais vitais e 1 oxylog. Deste total, 11 aparelhos foram consertados e devolvidos aos hospitais Municipal Ronaldo Gazolla (9) e Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio Castro (2). Essa ação teve a doação financeira da siderúrgica Ternium.

Outros 44 equipamentos já estão em manutenção: sendo 23 para o hospital estadual Pedro II; 8 para o Ronaldo Gazolla, todos com o apoio da Ternium; e13 para a Fundação Municipal de Saúde de Campos dos Goytacazes. No município do Norte Fluminense as doações são coordenadas pelo Comitê de Responsabilidade Social e Ações Humanitárias do Porto do Açu, integrado pelas empresas GNA, Porto do Açu, Ferroport e Açu Petróleo.

Gerente geral de Tecnologia e Inovação da Firjan, Maurício Ogawa diz que a federação atendeu ao chamado da rede de saúde pública no estado, articulando a integração entre os hospitais, as empresas reparadoras de equipamentos e as grandes indústrias, doadoras dos recursos necessários para financiar os consertos dos equipamentos. “Diante da pandemia e da necessidade urgente de equipamentos, a Firjan está apoiando as unidades hospitalares em todo o estado e as indústrias que querem colaborar no combate ao novo coronavírus. Esses equipamentos são essenciais para atender os pacientes com a Covid-19 nas UTIs”, destaca Ogawa.

A articulação para recuperação dos equipamentos hospitalares integra o eixo Mobilização - ações para a rede de saúde do Programa Resiliência Produtiva, o conjunto de ações da Firjan para o enfrentamento da crise provocada pelo novo coronavírus.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida