Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Infraestrutura

Cenário energético: análise da Firjan mostra piora no nível dos reservatórios do país

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 25/08/21 18:48  -  Atualizado em  25/08/21 19:10

O ONS (Operador Nacional do Sistema), órgão responsável pela operação do Sistema Interligado Nacional (SIN), indica que o nível dos reservatórios do sistema está em 31,16% com uma queda semanal de 1,18%. A expectativa é de que os reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste, responsáveis por 70% da capacidade de geração hídrica do país, cheguem ao fim do mês de agosto com 21,7%. A carga de energia do mês de julho deve apresentar crescimento de 3,4% em relação ao mês de agosto de 2020. Todas as termelétricas disponíveis estão acionadas chegando a contribuir com 36% da geração total de energia do SIN.

O governo federal estipulou novas ações visando reduzir os riscos de falha de abastecimento. O Ministério de Minas e Energia divulgou nesta semana regras para a redução voluntária da demanda destinada a indústrias do mercado livre. Essas medidas visam reduzir a pressão sobre o sistema interligado nos horários de pico. Além do mecanismo para a indústria, o governo emitiu nessa quarta, dia 25/08, decreto estabelecendo metas de até 20% de redução de consumo de energia para a administração pública. Segundo o governo, as ações para a administração pública não se configuram como racionamento pois não foram estabelecidas punições caso não ocorra a redução estipulada. As medidas vão valer até abril de 2022.

A Firjan continuará monitorando e publicando os principais indicadores do setor elétrico no intuito de manter informados e atualizados das condições de geração energética todos os seus associados.

Saiba mais informações sobre o mecanismo de redução voluntaria da demanda para a indústria

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida