Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Firjan

Casa Firjan abre as portas para empresários do Rio

Evento para empresários teve a presença de Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira

Evento para empresários teve a presença de Eduardo Eugenio Gouvêa VieiraFoto: Paula Johas

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 01/08/18 09:07  -  Atualizado em  01/08/18 15:05

A Casa Firjan foi aberta pela primeira vez, ontem (31/7), para evento que reuniu líderes da indústria do Rio. Instalada em Botafogo, a unidade foi criada para entregar propostas e soluções para os desafios da nova economia. O presidente da federação, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, afirmou que a Casa é a primeira concretização da fase iniciada após o lançamento da nova marca da Firjan, dia 23/7.

“As empresas estão mudando, a sociedade está mudando, a política e a economia também. Vivemos um processo de ruptura e, hoje, mostramos que estamos preparados e abertos para essa discussão. Mais do que um local de conhecimento, a Casa Firjan é um espaço de esperança, um presente que estamos oferecendo ao Rio e ao Brasil”, afirmou o presidente, que descerrou placa de inauguração da Casa.

 

ic_casa firjan inaugura__o_videomapping_Paula-Johas.jpg
Projeção na fachada da casa principal chamou atenção dos empresários | Foto: Paula Johas

 

Instalada em terreno de 10 mil m2, em Botafogo, o espaço, que foi residência da família Guinle, é composto da casa principal e outras duas, geminadas, além de prédio moderno e um amplo jardim. Diversas atividades já estão programadas para acontecer a partir de agosto, como palestras e cursos voltados para as demandas do futuro, além de ações culturais que visam engajar a sociedade.

Cristiane Alves, gerente geral de Estratégia e Desenvolvimento da Firjan, explicou que os desafios da nova economia são moldados por parâmetros desafiadores. “São comportamentos, valores e tecnologias inovadoras, que impõem novas formas de aprender, consumir e empreender. As perguntas desafiam a sociedade e a Firjan. Quais serão as competências e profissões do futuro? Qual a nova configuração da empresa e os novos modelos de negócio? Nessa velocidade de transformação, temos de ser ágeis”, pontuou.

Gabriel Pinto, gerente da unidade, citou durante o evento o Laboratório de Tendências, que ajudará a monitorar e a antecipar o que vem pela frente. “O mundo está se transformando numa velocidade muito acelerada. A Casa faz um resgate histórico, tal qual a máxima do designer Aloisio Magalhães, que lembra que quanto mais puxamos o estilingue para trás para nos conectarmos com o passado, mais longe vai a projeção”, afirmou.

 

ic_casa firjan inaugura__o-amarelo_Paula-Johas.jpg
Prédio moderno, de arquitetura premiada, é um dos pontos altos do espaço | Foto: Paula Johas

 

Olhar futurista

Durante a inauguração, os empresários assistiram à palestra de Renato Mendes, autor do livro “Mude ou Morra - Prepare seu Negócio para a Nova Economia”, que falou sobre o tripé da inovação contínua em uma empresa. O conceito envolve: propósito de existência da empresa, com os colaboradores alinhados aos objetivos comuns; cultura associada à perspectiva do cliente; e gestão, com modelos sempre questionados. “Nunca foi tão perigoso se sentir seguro”, alertou ele.

Paulo Noel, presidente do Sindicato da Indústria de Marcenaria de Petrópolis, disse que a unidade simboliza o momento em que vivemos. “Esse momento não é passado nem futuro. É hoje. A Casa existe e a mudança tem que começar neste instante. O conceito de mudança que aprendi é que não foi melhorando a vela que se criou a lâmpada”, ressaltou.

Antes do evento, a Casa Firjan sediou reuniões dos Conselhos da Firjan, Firjan CIRJ e Firjan SENAI SESI.

A nova unidade abre ao público nesta sexta, dia 3/8

Confira a programação da Casa Firjan

 

Confira as fotos

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida