Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Firjan

Aquário traz novos comportamentos do varejo mostrados na NRF 2021

Segundo Lucas Daibert, as pessoas querem saber a opinião das marcas para se relacionar com elas

Segundo Lucas Daibert, as pessoas querem saber a opinião das marcas para se relacionar com elasFoto: Divulgação

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 17/03/21 13:45  -  Atualizado em  17/03/21 14:04

Quatro comportamentos concentram algumas tendências apontadas na National Retail Federation (NRF), o maior e mais importante evento de varejo do mundo, como mostrou Lucas Daibert, sócio e diretor de Planejamento da Binder, no Aquário Casa Firjan, de 16/3. Em “Decifrando a NRF 2021: Negócios transformados para uma nova realidade”, o empresário fez uma fotografia panorâmica do que foi apresentado por especialistas e merece ser espelhado na realidade brasileira.

Após lembrar que todo mundo teve que se reinventar na pandemia, Daibert destacou que tem muita gente nova usando o e-commerce, principalmente entre as mulheres, os mais maduros, os menos instruídos e os mais pobres. No entanto, alerta que um terço dos consumidores afirma que trocará de marca após uma única experiência ruim e que 59% dizem que as respostas rápidas são a parte mais importante do negócio.

Diante desse cenário, a questão é como as marcas podem se relacionar com essas pessoas transformadas, abaladas psicologicamente pela crise sanitária, com renda prejudicada, mas com novos hábitos internalizados. O time de curadores da Binder chegou a quatro comportamentos debatidos na NRF 2021 que as marcas deveriam ficar atentas:

Be on the right side of history: em estar do lado certo da história, as marcas precisam fazer o propósito delas virar realidade, como se preocupar com as pessoas e estar atenta às causas sociais.

Be frequent: estar mais frequente na vida das pessoas, principalmente pela assinatura. O que muda agora é como as tecnologias digitais fazem o modelo ficar mais simples.

Be everywhere: quando as marcas ocupam novos espaços, seja em live e-commerce, seja nos demais canais digitais.

Be ahead: são as marcas que estão desbravando novos territórios, se lançando em novas experiências.

“As marcas estão assumindo posição diante do que está acontecendo, estão saindo do terreno protegido de só falar do seu produto ou do seu serviço, para se posicionar sobre os assuntos sociais. As pessoas querem saber a opinião das marcas para se relacionar com elas”, afirmou ele, no evento mediado por Iuri Campos, líder do Aquário Casa Firjan.

Para ilustrar esses comportamentos, Daibert mostrou diversos cases de empresas apresentados na NRF, como o da H&M, que criou uma máquina para transformar uma roupa antiga numa peça nova; ou como o Burger King, que conseguiu entregar lanches, usando a geolocalização, nos carros das pessoas num engarrafamento.

“A gente precisa ser resiliente, se reinventar, apesar dos machucados e das feridas. Precisamos ser adaptáveis, criativos, curiosos e cheios de energia no nosso dia a dia”, concluiu Lucas Daibert.

Assista aqui o Aquário na íntegra

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida