Hackathon | SESI Cultura Digital 2015 - Sistema FIRJAN

SESI Cultura Digital
Início Programação Participantes Hackathon

Hackathon


Quem vive de futuro é museu
Desafio Hackathon: imagine o museu do século XXI


Se dependesse de você, como seria o museu do futuro? Como a arte se apresenta no Mundo Digital? Como o público interage com ela e o artista? Esses foram alguns dos desafios do Hackathon 2015: “O museu do século XXI”.

O Hackathon do SESI Cultura Digital é um encontro “mão-na-massa” em que jornalistas, designers, programadores, outros profissionais e amadores se reúnem para, em três dias, produzirem protótipos e projetos ligados a inovação, arte, compartilhamento e transformação social. Conheça os vencedores da sua segunda edição:

EQUIPE VENCEDORA: SONSERINA

Integrantes:
Wanderson Trindade Vitorino
Igor Souza Franco de Almeida
Helder Nazaré Câmara
Vinícius Soares Silva de Souza

Projeto: MAR para pequenos artistas

Como trazer as tecnologias móveis para dentro do museu e com algum sentido artístico e pedagógico? A partir disso, surgiu a tentativa de ajudar a melhorar a experiência das crianças no museu, tornando toda a arte e cultura disponível mais interativa e atrativa.

Assim, durante o último final de semana, nasceu o “MAR para pequenos artistas”, um meio de apropriação que torna o museu acessível para crianças. O aplicativo oferece interações artísticas e educativas, através do dispositivo mobile, como a possibilidade de "pintar por cima dos quadros" vistos no museu e compartilhar o trabalho feito através das redes sociais.

O Lorenzo, de 7 anos, disse sobre o aplicativo: “É legal. Gostei de zoar a obra. Posso até virar um artista brincando". As crianças adoraram, se divertiram e ficaram instigadas com a ferramenta.

Saiba mais sobre o projeto: https://github.com/IgorSFA/mar-pequenos-artistas

 

SEGUNDO LUGAR: GRUPO CRIATIVO

Integrantes:
Hallison Oliveira da Paz
Kizzy Fernanda Terra Ferreira dos Reis
Patrícia Matias Licio Gonçalves
Rubens Ramos Ferreira
Tatiana Mendonça de Sousa Silva

Projeto: ArtMob – Aplicativo para interação em museus

O aplicativo foi implementado com o objetivo de melhorar a experiência para o visitante de um museu durante sua exploração das exposições. A ideia principal foi utilizar um sistema de microlocalização (beacons) para identificar onde o visitante se encontra dentro da exposição e enviar conteúdos relacionados às obras mais próximas do seu smartphone.

No celular, o visitante pode ter acesso a informações referentes à obra, como: ficha técnica, biografia do artista e contexto de produção, tanto em texto quanto em audiodescrição e vídeo com tradução em libras. Além disso, o usuário pode comentar sobre as obras, avaliá-las e manifestar sua vontade de contribuir com o conteúdo além do que já está disponível no aplicativo.

Assim, procurou-se desenvolver uma ferramenta para melhorar o acesso às obras, bem como sua difusão e análise do perfil do público visitante, através dos dados obtidos quando o usuário faz login na aplicação. O objetivo é ampliar a experiência do visitante no espaço expositivo, possibilitando trocas entre a instituição e seu público, tornando o visitante um agente ativo.

Saiba mais sobre o projeto: https://github.com/hallpaz/Criativo


TERCEIRO LUGAR: OS4

Integrantes:
Saulo Estêvão Marques Machado
Lucas Moratelli Souza
Gabriel Brito Bastos
Matheus Lito Pinto

Projeto: MURB – Museu urbano

MURB é um aplicativo multiplataforma que busca uma maior interação entre o museu e seu público, levando obras para a rua através de códigos de realidade aumentada e hologramas espalhados pelo ambiente urbano e atraindo o visitante por meio de notícias, brindes e descontos fornecidos pelo museu e seus parceiros de acordo com a pontuação do usuário.

O usuário ganha pontos através da captura de códigos RA realizada a partir do aplicativo. Cada código captura se converte em um ponto para o usuário. Esses quadros podem ainda ser visualizados através de totens munidos de sistemas holográficos de baixo custo, que serão disponibilizados para instituições parceiras de
grande circulação, como shoppings e mercados.

Dentro do museu, os usuários do MURB podem interagir com as exposições e obras através de comentários, uma vez que tenham lido o QRCODE disponibilizado ao lado de cada uma delas. Os usuários podem ainda votar nos comentários mais e menos interessantes.

O aplicativo conta também com uma página de notícias culturais da cidade em que usuário mora e do mundo, além de calendários culturais onde é possível ter acesso a agendas, descrições e as mais diversas exposições de museus e instituições parceiras.

Saiba mais sobre o projeto: https://github.com/os4grupo/hackathon2015

 

 

Para saber mais sobre o Hackathon SESI Cultura Digital 2015, baixe aqui o regulamento.