Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Firjan / Economia do Rio/ Educação/ Competitividade

Firjan SENAI cria curso customizado para aumentar a produtividade da Floc Têxtil

Foto: Divulgação

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 16/09/21 16:34  -  Atualizado em  16/09/21 17:13

Desenhado especificamente para atender à necessidade da Floc Têxtil de ampliar sua linha de produção, o curso de qualificação de Operador de Máquina em Produção Industrial de T-Shirt e Camisa Polo, da Firjan SENAI, vai capacitar profissionais da empresa, que fica em Santo Aleixo, no município de Magé (Baixada Fluminense).

“A nossa indústria está carente de mão de obra e estamos formando 12 costureiras para aumentar a nossa capacidade produtiva”, explica Roberto Leverone, presidente da Firjan Caxias e Região, presidente do Fórum Setorial da Moda da federação e proprietário da Floc. Segundo ele, as futuras costureiras foram selecionadas entre as funcionárias para formar uma célula completa de polo e t-shirt, gerando oportunidade de progresso profissional dentro da confecção.

O curso de 300 horas, com término previsto para dezembro, inclui fundamentos da costura, operação de máquinas de costura industrial, prática de produção e integração de competências profissionais, respeitando procedimentos e normas técnicas, de qualidade, produtividade, ergonomia, saúde e segurança do trabalho e sustentabilidade.

O treinamento, que pode ser replicado em outras indústrias, tem uma parte prática expressiva voltada para a linha de produção. Márcia Freitas de Oliveira, especialista técnica em Educação na área de Vestuário da Firjan SENAI, ressalta que o aluno terá disponibilidade de tempo para focar a questão da produtividade.

“Depois de aprender a costurar, o aluno tem tempo para estar inserido nessa prática e entender como funciona o trabalho em equipe dentro de uma linha de produção em formato de célula, visando resultados positivos de qualidade e produtividade”, explica.

A capacitação é específica e direcionada para o produto que a Floc confecciona, que é a t-shirt e a camisa polo. “Foi moldado na forma em que a empresa trabalha, seguindo o layout de produção, regras e diretrizes da empresa”, acrescenta Márcia.

Trata-se de uma demanda de mercado por mão de obra que precisa ser valorizada, avalia a especialista da Firjan, destacando a importância desses profissionais na cadeia da moda, por contribuírem para a retomada e crescimento das marcas e da indústria de confecção como um todo.

Confira as fotos

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida