Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade / Firjan/ Economia

FIRJAN repudia suspensão dos benefícios fiscais da Lei do Bem

02/10/15 19:51  -  Atualizado em  14/10/15 19:45

O Sistema FIRJAN repudia a criação da MP 694 que, entre outras mudanças, suspende os benefícios fiscais da Lei do Bem a partir de 2016. A lei ajudou a atrair a atenção de grandes grupos multinacionais e centros de pesquisa para o país, visando ampliar a inovação tecnológica. Foram contempladas, no último ano, mais de 750 empresas, sendo grande parte delas de grande porte e que investem cifras significativas em pesquisa e desenvolvimento, o que torna o país mais competitivo.

Para a FIRJAN, é lamentável que o atual governo não dedique a devida atenção e recursos à inovação tecnológica. Desta forma, o país continuará ocupando as mais baixas posições nos rankings mundiais de inovação. A Federação ressalta que os investimentos realizados pelas empresas inovadoras são apostas de longo prazo e que encerrar  a concessão dos benefícios da Lei de maneira abrupta certamente acarretará em perda de competitividade para as empresas do estado do Rio de Janeiro e do país.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida