Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Infraestrutura

Firjan debate nova concessão da Via Dutra com presidente da EPL

24/01/20 17:37  -  Atualizado em  11/02/20 18:54

O Conselho Empresarial de Infraestrutura da Firjan recebeu Arthur Luis Pinho de Lima, diretor-presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), para debate o novo projeto de concessão da Rodovia Presidente Dutra. A tônica do encontro foi de abertura às sugestões dos empresários por parte da EPL, responsável pelos estudos da nova concessão.

“Fizemos as primeiras audiências públicas e coletamos informações. A Firjan é parceira muito importante porque são os empresários que estão na ponta, sentindo o que está acontecendo. Portanto, é fundamental a participação de vocês. Esse é um processo construtivo e estamos atentos a tudo que vem sendo colocado”, frisou Lima.

O diretor-presidente destacou que o sistema de concessões rodoviárias do Brasil está prestes a passar por uma transformação. “Estamos analisando o fluxo de veículos, pessoas e cargas como um todo. Com isso, esperamos entregar para as empresas um processo de concessão de melhor qualidade”, explicou.

Durante o encontro, em 22/01, foram debatidos pontos como a antecipação da construção da nova pista da Serra das Araras (obra prevista na concessão atual e programada para iniciar no terceiro ano do novo contrato); a redução do pedágio na Dutra; a revisão do cronograma e do volume de investimentos, em especial nas intervenções no Sul Fluminense e na BR 101 Sul, entre outros.

Estão previstas mais três audiências públicas. “Estamos dilatando o prazo para receber mais considerações. Iremos voltar para casa com o propósito de fazer novos estudos”, reforçou Lima.

Mauro Viegas, presidente do Conselho, ressaltou a necessidade de convergência no debate. “Temos um grande desafio pela frente e ele pertence a todos. É preciso convergência e coragem para propor as condições que precisam ser viabilizadas. Estamos interessados em uma discussão proativa com vistas à construção de uma rodovia de qualidade e fluxo superiores”.

Antônio Carlos Vilela, presidente da Firjan Sul Fluminense, mostrou-se otimista com a disponibilidade de escuta da EPL. “Saio da reunião muito satisfeito. Percebemos que a equipe técnica da EPL está disposta a rever pontos críticos e discutir detalhes do projeto”, disse.

Também presente na reunião, Luiz Alfredo Salomão, diretor da Escola de Políticas Públicas e Gestão Governamental, falou sobre o ambiente para concessões e PPPs no Brasil. “O investimento privado é a única alternativa para as concessões no Brasil. Os estados estão quebrados e não é possível contar com investimento público. Ou temos investimento privado ou a nossa infraestrutura continuará estagnada. Esta é uma oportunidade que não podemos perder”, afirmou.

Agenda intensa de debate

Na parte da manhã, o diretor-presidente da EPL também participou de reunião do grupo de trabalho do Conselho Empresarial de Infraestrutura. Além de Lima, também estiveram presentes, além de Lima, Natália Marcassa, secretária de Fomento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura; o deputado federal Hugo Leal; e representantes da ANTT, das secretarias estaduais de Transportes e de Desenvolvimento, da prefeitura de Piraí, da Associação de Municípios do Estado do Rio de Janeiro (AEMERJ), do Cluster Automotivo do Sul Fluminense, da Fetranscarga e da Associação da Empresas de Engenharia do Rio de Janeiro (AEERJ). Mais informações sobre essa reunião, clique aqui.

Audiência Pública

Como resultado dos dois encontros, a ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres - confirmou em 27/1, que promoverá mais quatro audiências públicas sobre o processo de concessão da BR-116. Duas delas serão no estado do Rio. A primeira ocorre no município de Angra dos Reis, em 3/2, no auditório do Centro de Estudos Ambientais (CEA), a partir das 15h. O CEA fica na Avenida Prefeito Jair Toscano de Brito, Praia da Chácara.

Já a segunda audiência pública no estado do Rio acontece no dia seguinte (4/2) em Volta Redonda, a partir das 14h30, no Salão do Villa Vetri, Rua Setecentos e Dezenove 51, no bairro Casa de Pedra. Os especialistas da Firjan acompanharãos os debates juntos com os empresários associados locais.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida