Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade

Casa Firjan debate privacidade, segurança de dados e marketing

O evento "Mix de Mídia LGPD: Privacidade e Conveniência, uma Combinação Possível” foi realizado na Casa Firjan, em parceria com o Grupo de Mídia RJ.

O evento "Mix de Mídia LGPD: Privacidade e Conveniência, uma Combinação Possível” foi realizado na Casa Firjan, em parceria com o Grupo de Mídia RJ.Foto: Paula Johas

04/04/19 16:47  -  Atualizado em  05/04/19 17:43

A nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrará em vigor a partir de 20 de agosto de 2020. A regulamentação traz mudanças relevantes que demandarão tempo para ajustes das empresas que ofertam produtos ou serviços no Brasil. Uma delas é a exigência do consentimento expresso do usuário para uso, pelas companhias, de seus dados pessoais, compreendidos como qualquer informação que identifique diretamente ou torne identificável uma pessoa.

Com essa nova realidade, algumas reflexões são urgentes. É possível aliar tecnologia com privacidade em estratégias de marketing? Por que assegurar a privacidade é tão importante? Por isso, a Casa Firjan sediou o evento “Mix de Mídia LGPD: Privacidade e Conveniência, uma Combinação Possível”, em 04/04, em parceria com o Grupo de Mídia RJ.

Viviane Vela, diretora de mídia da Kolab (laboratório de mídia e inteligência de dados para Coca-Cola), afirmou que as empesas precisam ter em mente que é necessário consentimento do consumidor sobre a entrega de seus dados para receber, em troca, serviços relevantes para ele: “Com a educação dos consumidores, eles mesmos vão questionar as empresas por mais clareza”.

André Ferraz, cofundador e CEO da In Loco, empresa de tecnologia de inteligência de dados de localização, concorda. Para ele, a LGPD é o primeiro passo para garantir mais privacidade aos usuários. “Os aplicativos e empresas que pedem dados pessoais devem ser mais claros com seus clientes sobre o motivo e o que farão com aquelas informações”, afirma.

Com o objetivo de proteger os usuários e ainda oferecer serviços que ajudem as empresas a melhorar seu marketing, Ferraz ajudou a fundar a In Loco. Segundo ele, a plataforma de localização respeita a privacidade e usa a inteligência de dados para entender o comportamento das pessoas no mundo físico. “Compreendemos o movimento das pessoas para interagir com elas no momento certo, sem, porém, identificá-las e recolher dados pessoais. Além disso, trabalhamos com marcas que têm políticas de compliance de acordo com as nossas”, detalhou.

Outro exemplo de ação positiva foi dada por Igor Puga, CMO do Santander, que contou sobre o lançamento do Santander On para educação e orientação financeira do banco. A ferramenta apresenta os compromissos dos clientes da instituição, além de eventuais pendências no CPF junto a Receita Federal, Serasa e Banco Central. “Essa campanha foi em resposta a nossa provocação sobre termos muitas informações pessoais de nossos clientes, mas eles próprios não. Agora, com transparência e ética, os clientes também têm essas informações”, resumiu.

A palestra fez parte do Aquário, ciclo de palestras da Casa Firjan, que traz temas importantes para a nova economia. Recentemente, o ciclo vem tratando de assuntos relacionados ao marketing, como parceria com influenciadores digitais. O próximo tema será: Inteligência Artificial mimetizando a Inteligência Natural, em 09/04.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida