Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade

Prêmio Werner Klatt é remodelado e debate realidade aumentada no setor gráfico

Nos anos pares, serão sempre realizadas palestras relevantes para a indústria gráfica

Nos anos pares, serão sempre realizadas palestras relevantes para a indústria gráficaFoto: Vinícius Magalhães

12/4/18 3:20 PM  -  Atualizado em  12/4/18 4:25 PM

Quinze anos após sua criação, o Prêmio Werner Klatt é remodelado. Com a missão de eleger as melhores empresas gráficas do estado do Rio, o prêmio passa a ser bienal, acontecendo nos anos ímpares. Nos pares, serão realizadas palestras relevantes para essa indústria. Em 2018, o evento (30/11) foi ministrado por Marcelo Rodiño, diretor de Criação da Flex Interativa, que falou sobre sua experiência com realidade aumentada para o setor. Na ocasião, foi lançado o Regulamento 2019.

“Temos muito orgulho em apoiar essa iniciativa, que estimula uma competição saudável e uma corrida para a inovação”, pontuou Ricardo Maia, vice-presidente da Firjan.

Rodiño é especialista em digital experience através da realidade aumentada, virtual e mista. Participou, junto com seu sócio, Fernando Godoy, da segunda temporada do programa Shark Tank Brasil, recebendo propostas de quatro investidores, o que possibilitou o processo de internacionalização da Flex Interativa.

“Essas tecnologias estão revolucionando a nossa forma de comunicar, interagir, consumir, aprender e entreter. Ou seja, estão surgindo novas formas de fazer negócios”, contou. De acordo com ele, é possível unir peças impressas gráficas à tecnologia de realidade aumentada (universo virtual dentro do mundo real), criando experiências únicas para o usuário. Alguns exemplos citados por ele são jogos infantis, rótulos de cervejas e até mesmo eventos em shoppings.

“Fizemos rótulos interativos na Cerveja Leuven. Ao utilizar aplicativo de realidade aumentada instalado no celular, o consumidor verá os personagens se mexendo em torno da bebida”, exemplificou Rodiño. “As possibilidades são muitas”.

O Prêmio foi criado em memória ao gráfico carioca Werner Klatt, pelo presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas do Município do Rio de Janeiro (Sigraf), Carlos Di Giorgio, em parceria com a Firjan SENAI. A competição tem o propósito de destacar as melhores empresas do ramo, ancorada em valores éticos e em pilares técnicos e tecnológicos que sustentam o setor.

“O prêmio é uma iniciativa do Sigraf para todas as indústrias gráficas fluminenses. É uma ação que vem há anos fortalecendo nosso setor, estimulando a cadeia produtiva e a inovação”, disse Di Giorgio.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida