Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade / Economia do Rio/ Sistema FIRJAN

Roubo de cargas: índice ainda elevado é motivo de preocupação

12/01/18 16:28  -  Atualizado em  22/01/18 17:30

O Sistema FIRJAN manifesta sua extrema preocupação com o ainda elevado número de ocorrências de roubos de cargas no estado do Rio. E defende a intensificação das operações do Plano Nacional de Segurança Pública.

Em março de 2017 a FIRJAN liderou o lançamento da Carta do Rio de Janeiro – Movimento Nacional contra o Roubo de Cargas com propostas como a recomposição dos quadros das polícias militar e civil e da Polícia Rodoviária Federal.  E no final de julho tiveram início as ações do Plano, com a utilização das Forças Armadas no combate ao roubo de cargas.

Entre agosto e novembro houve uma redução de 9% nos roubos de carga em relação ao mesmo período de 2016. Mesmo assim foram contabilizadas 3.357 ocorrências nesses quatro meses, com uma inaceitável média de quase 30 registros por dia. Também merece destaque que, após caírem em agosto e setembro, as ocorrências voltaram a aumentar a partir de outubro, com 937 roubos apenas em novembro.

O Sistema FIRJAN mais uma vez alerta que o roubo de cargas, além de representar prejuízos para as empresas e desestimular a atividade econômica e a geração de empregos, é uma fonte de financiamento de outras atividades criminosas. E precisa receber um combate ainda maior por parte dos governos federal e estadual.

Saiba mais

Entenda como a segurança pública é fator primordial para o desenvolvimento da indústria e para a formação de um ambiente de negócios competitivo

Conheça as ações do Mapa do Desenvolvimento 2016-2025, que contempla a segurança no pilar Gestão e Políticas Públicas

Acesse os estudos da FIRJAN sobre o avanço da criminalidade no estado do Rio, e sobre o impacto econômico do roubo de cargas
 

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida