Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade

Giro Moda: economia circular proporciona novos paradigmas na relação entre marcas e consumidores

A cofundadora do ES-Fashion, apresentou casos de marcas que, a partir dos princípios circulares, têm conseguido gerar produtos com alto valor agregado

A cofundadora do ES-Fashion, apresentou casos de marcas que, a partir dos princípios circulares, têm conseguido gerar produtos com alto valor agregadoFoto: Vinicius Magalhães

26/10/16 16:36  -  Atualizado em  26/10/16 16:53

Cada vez mais relevante para a indústria, a economia circular tem transformado o universo da moda, criando novos paradigmas na relação entre marca e consumidor. A inserção do setor nesse novo conceito inclui a busca por maior eficácia do sistema produtivo, reduzindo externalidades negativas e a valorização do design personalizado, com a criação de peças exclusivas. O tema esteve em debate no Giro Moda – Segunda Temporada, promovido pelo Sistema FIRJAN.

Alice Beyer Schuch, cofundadora do ES-Fashion, destacou que o alto impacto ambiental gerado pela indústria internacional da moda se tornou insustentável, exigindo que as empresas repensem seus processos produtivos: “Esse modelo econômico defende o ciclo contínuo e positivo, com design restaurador, estendendo o tempo de vida dos componentes. Outro ponto importante é a transparência na comunicação com o cliente, que se torna fundamental”.

ic_giro-moda-victor-misquey_vinicius.jpg
Victor Misquey, presidente do Moda Rio, destacou que o Giro Moda promove a disseminação de informações qualificadas para os industriais fluminenses | Foto: Vinicius Magalhães


Ela apresentou casos de marcas que, a partir dos princípios circulares, têm conseguido gerar produtos com alto valor agregado. Entre elas, a empresa suíça Freitag, cujas peças são feitas de tecidos biodegradáveis e botões recicláveis, que podem ser desparafusados e reutilizados. De acordo com ela, o trabalho em parceria também ganha destaque nessa nova economia. “As colaborações serão mais importantes do que nunca, pois sem elas não chegaremos a lugar algum. No Brasil, onde é produzido um oitavo da moda mundial, esse conceito é primordial”, destacou Alice.

Produtos e tecnologias

Carol Fernandes, especialista técnica da FIRJAN, abordou as macrotendências para as próximas temporadas, identificadas por meio do FuturID, metodologia de pesquisa desenvolvida pela Federação. Estão entre os três principais conceitos o Mini Max, que envolve a visibilidade das minorias na moda, o Techné-Poiésis, que trata da união do artesanal à tecnologia, e o Vai com Alma, que preza pelo ciclo de vida do produto.

Na prática, essas tendências resultam em uma crescente valorização do empreendedorismo, das inovações e do trabalho colaborativo, traduzido no surgimento de espaços de coworking. Segundo Carol, o questionamento sobre o que a marca pode proporcionar além do produto é uma prerrogativa das marcas que aderem aos novos paradigmas dessa indústria: “Vivemos um momento de nos repensarmos como negócio, empresa e mercado. É um cenário muito propício para novas oportunidades”.

ic_giro-moda-carol-fernandes_vinicius.jpg
Carol Fernandes, especialista técnica da FIRJAN, abordou as macrotendências para as próximas temporadas, identificadas por meio do FuturID | Foto: Vinicius Magalhães


O evento também apresentou como as macrotendências que estão sendo aplicadas aos produtos, detalhando as principais em modelagens, cores e tecidos femininos e masculinos e bolsas e acessórios. Houve, ainda, uma exposição da empresa Audace, que desenvolve tecnologias como sistemas 4D para o setor de confecções.

Victor Misquey, presidente do Moda Rio, destacou que o Giro Moda é uma iniciativa que promove a disseminação de informações qualificadas para os industriais fluminenses: “O Giro é uma oportunidade para estreitar o relacionamento entre profissionais e a cadeia da moda, além de proporcionar conhecimento sobre os temas mais relevantes para a competitividade da indústria”.

O Giro Moda – Segunda Temporada aconteceu em 25 de outubro, na sede do Sistema FIRJAN.

O evento percorrerá o estado do Rio até o mês de novembro, passando por Três Rios, Niterói, Volta Redonda,  Cabo Frio, Itaperuna, Campos, Friburgo e Caxias.

Acesse a agenda completa do Giro Moda

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida