Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade

Evento do IEL debate conceitos e resultados da gestão lean

Consultor Junico Antunes explicou a importância dos fluxos dentro da empresa e de que forma a gestão enxuta permite alcançar novos patamares de produtividade

Consultor Junico Antunes explicou a importância dos fluxos dentro da empresa e de que forma a gestão enxuta permite alcançar novos patamares de produtividadeFoto: Paula Johas

18/06/18 18:15  -  Atualizado em  19/06/18 17:18

Mais de 100 pessoas participaram do Workshop IEL Gestão Lean, que uniu especialistas no tema e empresários que compartilharam suas experiências com a adoção da tecnologia enxuta. O consultor Junico Antunes pontuou que o Sistema Toyota de Produção tem como primeiro objetivo melhorar o aspecto econômico da empresa. “Busca fazer mais com os mesmos ativos”, afirmou ele, que é engenheiro de produção, doutor em Administração e um dos precursores do lean no Brasil.

Antunes explicou a importância dos fluxos dentro da empresa e de que forma a gestão enxuta permite alcançar novos patamares de produtividade. Essas situações, conforme acrescentou, também são comuns nos escritórios e não apenas na parte fabril.

Antunes explicou ainda que o lean requer um líder que entenda de gestão de fluxos, ou seja, que entenda mais dos processos da empresa do que de especificidades técnicas. “Os conceitos são de sistema empresarial, aplicável a qualquer setor”. Neste sentido, trabalhar em grupo é essencial, o que exige humildade e habilidade em comunicação para atingir resultados sólidos e permanentes.

Outro aspecto refere-se ao ganho relacional, já que os resultados não ficam restritos à companhia que está adotando o sistema. “As empresas precisam entender que os fornecedores fazem parte do negócio. A lógica é cooperar para competir”, ressaltou.

Aumento do lucro

Paulo Noel, presidente do Sindicato das Indústrias de Marcenaria, Móveis de Madeira, Serrarias, Carpintarias e Tanoarias de Petrópolis (Sindmarcenaria), disse que a gestão enxuta é capaz de trazer resultados para todo tipo de negócio. “Aumenta a produtividade e, consequentemente, o lucro. Decidi participar do workshop para me manter sempre atualizado no assunto”, afirmou ele.

Mauro Campos, um dos coordenadores do Grupo de Trabalho da Construção Civil do Sistema FIRJAN, levou para o evento sete pessoas de sua empresa, a Aceplan, que já começou a implantar a filosofia. “O GT quer levar o lean para as empresas do nosso segmento, com financiamento do Sebrae e coordenação do IEL”, contou ele, que também está à frente do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário do Sul Fluminense (Sinduscon-SF).

O ciclo de palestras contou também com a presença do consultor Márcio Fernandes, considerado pela revista Você S/A o líder mais admirado do Brasil em 2014, e de empresários dos setores de Alimentação, Metalmecânico e da Construção Civil. Entre eles, estiveram diretores de sete das 10 empresas fluminenses de metalmecânica que implantaram o lean no ano passado, por meio de um curso do IEL. Todos relataram resultados expressivos, como aumento da produtividade, redução no tempo de entrega das encomendas e reconquista de clientes.

“Nosso objetivo com o evento foi sensibilizar os empresários para a importância do tema, pois o lean pode aumentar a competitividade das companhias do estado do Rio. Por isso, o IEL está à disposição de todos que queiram aprofundar seu entendimento no assunto”, contextualiza Myriam Marques, gerente de Capacitação Empresarial do IEL. O workshop aconteceu em 18 de junho, na FIRJAN.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida