Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Sistema FIRJAN

Encontro da Indústria reúne empresários e debate os novos rumos da gestão sindical

Eduardo Eugenio destacou o posicionamento da FIRJAN na representação de seus associados e em defesa do crescimento econômico do estado do Rio

Eduardo Eugenio destacou o posicionamento da FIRJAN na representação de seus associados e em defesa do crescimento econômico do estado do RioFoto: Renata Mello

27/11/17 10:48  -  Atualizado em  27/11/17 11:42

O Sistema FIRJAN reuniu os presidentes de sindicatos das indústrias e cadeias produtivas do estado do Rio para o Encontro da Indústria 2017, em Itaipava, Petrópolis. Nos dias 23 e 24 de novembro, os líderes sindicais participaram do Programa de Estratégia e Gestão Sindical do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), com discussões sobre modelo de negócios e reforma trabalhista.

O presidente da FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, deu as boas-vindas aos empresários e destacou o posicionamento da Federação na representação de seus associados e em defesa do crescimento econômico do estado do Rio. “Num contexto de enormes dificuldades que o Brasil e o estado do Rio atravessam, uma instituição como a FIRJAN precisa ser forte e ter independência, que só é conquistada de forma livre e sem ter receio das suas colocações em representação aos associados”, afirmou.

O Encontro da Indústria trouxe temas e assuntos apontados pelos próprios empresários na edição de 2016. O foco foi na construção das lideranças, na mudança de pensamento gerencial e na percepção de um ambiente onde a inovação é primordial para a reinvenção dos sindicatos e sua atuação em defesa dos interesses das empresas e de seus setores produtivos.

A programação do primeiro dia contou com o curso de Roberto Aylmer, Ph.D, médico, professor e consultor em liderança de pessoas no contexto complexo. O especialista destacou as mudanças provocadas pela crise econômica e o novo cenário que as entidades sindicais deverão enfrentar nos próximos anos. Segundo ele, o momento exige uma nova postura onde o planejamento, a inovação e a otimização de recursos e potenciais é fundamental para subsistência e sobrevivência das representações.

ic_encontro-industria-treinamento.jpg
A programação contou com o curso de Roberto Aylmer, professor e consultor em liderança de pessoas no contexto complexo | Foto: Renata Mello


Claudio Tangari, presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Nova Friburgo (Sindmetal) acredita que o encontro foi importante para a reflexão das atividades sindicais. "Esta é uma possibilidade de leitura de nossas práticas até então e da necessidade de adaptar as entidades sindicais ao que ocorre no movimento atual da sociedade. Há inovação e mudanças tecnológicas a cada momento, há possibilidades de novas soluções e alternativas pela frente”, disse.

Para Sergio Duarte, presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentos do Município do Rio de Janeiro (Siarj) as mudanças na contribuição sindical vão exigir que as entidades representativas se fortaleçam ainda mais. “Os líderes sindicais terão um maior esforço para mostrar a sua base associativa o valor de fazer parte de uma instituição representativa com seus benefícios e serviços”, enfatizou.

Trazendo uma experiência positiva, Celso Mattos presidente do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Rio de Janeiro (Sindrepa) destacou a mudança de pensamento e atuação estratégica dos sindicatos: “É preciso reescrever a forma de atuar e de unir forças. Quando se há união de uma classe, as lutas e defesas de interesse ficam mais simples. É preciso mostrar o valor de sua entidade e com isso trazer novos participantes para esse núcleo”.

Os impactos da nova legislação trabalhista foram abordados no segundo dia. O consultor jurídico do Sistema FIRJAN, Pedro Capanema, explanou as novas regras que trazem avanços para a maior competitividade das empresas e flexibilidade nas relações empresa-trabalhador. Cada participante recebeu um exemplar da Cartilha Trabalhista, com um anexo atualizado com a Medida Provisória nº 808. A cartilha faz parte do conteúdo especial preparado pela FIRJAN sobre Reforma Trabalhista

Saiba mais

Acesse a página sobre reforma trabalhista

Conheça a Cartilha Trabalhista

Veja o que muda com a MP nº 808

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida