Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Competitividade

Com receita desenvolvida pelo SENAI, cervejaria do Paraná recebe prêmio internacional

Cervejaria Von Borstel recebeu a medalha de prata no Brussels Beer Challenge, na Bélgica por sua cerveja Kaffee Bier

Cervejaria Von Borstel recebeu a medalha de prata no Brussels Beer Challenge, na Bélgica por sua cerveja Kaffee BierFoto: Divulgação

23/11/17 16:34  -  Atualizado em  23/11/17 16:40

O SENAI desenvolveu uma receita de cerveja que coleciona prêmios no Brasil e no exterior. A Kaffee Bier, produto da Cervejaria Familiar von Borstel de Londrina, no Paraná, recebeu a Medalha de Prata no Brussels Beer Challenge, em Namur, na Bélgica na categoria Cerveja Flavorizada com Café. A cerimônia foi realizada na última segunda-feira, 20.

Esta foi a terceira premiação da Kaffee Bier von Borstel este ano. A bebida faturou a medalha de ouro no South Beer Cup, na Argentina e, a de bronze no Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau (SC).

O projeto de uma cerveja diferenciada e com o objetivo de valorizar um produto típico de Londrina – que já foi considerada a capital mundial do café –, começou a ser planejado em 2015.

Feita com adição de cafés diferenciados, sem nenhum malte torrado e com um teor alcóolico de 4,8%, a Kaffee Bier passa ao largo de estilos tradicionais de cerveja que adicionam o café na fervura do mosto, ou daquelas que só adicionam aroma ao produto acabado. A bebida recebe uma aplicação de grãos moídos, suavemente torrados, por um período de até 24 horas, dependendo das características de paladar e aroma que se desejam transmitir a cerveja. O processo teve a patente registrada pela empresa.

“A proposta era desenvolver uma cerveja com história e identidade, uma forma de homenagear a cidade onde nascemos e vivemos e nossas famílias. O SENAI, reconhecido em todo Brasil por sua capacidade técnica em cerveja, entendeu nosso desejo e o diferencial do produto. Fico feliz em ter acertado na escolha da instituição para nos ajudar com esta cerveja premiada e atestada pelos consumidores”, afirma Marcus von Borstel, fundador da cervejaria.

Segundo Marcus, a consultoria técnica dos especialistas do SENAI Rio permitiu uma redução de tempo de até um ano no planejamento do produto. “Apresentamos a Kaffee Bier aos consumidores um ano antes do planejado, isso não aconteceria sem o suporte técnico dado pelo SENAI”, destacou o empresário que já expande os negócios da nanocervejaria, que atualmente produz 5 mil litros/mês, para o sudeste do país.

O SENAI é referência na prestação de serviços tecnológicos para o setor de cervejas. No Núcleo de Bioprocessos, na Tijuca, no Rio de Janeiro, são realizados desenvolvimento de produtos, análises laboratoriais, controle de qualidade e de processos, análises sensoriais, tecnologia cervejeira e consultorias, entre outros serviços. Seu corpo técnico é formado por mestres, doutores e profissionais com ampla experiência de trabalho em cervejarias.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida